A organização Portas Abertas, que oferece apoia para cristãos perseguidos no mundo todo, disponibilizará no dia 13 de janeiro a famosa Lista Mundial de Perseguição, que avalia os piores lugares do mundo para exercer a  em Jesus Cristo. Há mais de 60 anos a organização atua em países onde não há liberdade para o Cristianismo.

Fundada em 1955 por um jovem missionário holandês, o irmão André, que despertou-se para ajudar a Igreja Perseguida ao ter contato com irmãos detrás da chamada Cortina de Ferro. Desde então, o irmão André começou a trabalhar distribuindo Bíblias clandestinamente a cristãos que não tinham acesso às Escrituras, chegando a ficar conhecido como “O Contrabandista de Deus“.

Atualmente, a Portas Abertas está em mais de 60 países, apoiando a Igreja Perseguida por meio de projetos realizados em lugares onde não há proteção contra a intolerância religiosa, buscando fortalecer a igreja local.

A Lista Mundial de Perseguição apresenta os 50 países mais violentos e hostis aos cristãos, traçando o perfil de cada um deles. Os dados são formulados por meio de questionários formulados pelo departamento de pesquisas da Portas Abertas e respondida por pesquisadores de campo, líderes religiosos, comunidades cristãs nos mais de 60 países assistidos pela organização.

A pesquisa divide os países em Perseguição Extrema, Severa e Alta e pontua cada um de acordo com os tipos e fontes de perseguição, de acordo com as hostilidades enfrentadas pelos cristãos.

Deixe seu Comentário